Como cobrar quem lhe deve?

Olá, leitores!

Quem hoje não tem alguém que lhe deva algo? Seja um objeto, uma permuta, um rolê ou principalmente dinheiro?

Creio que todos!

Mas a grande pergunta é: Você tem coragem de cobrar? Se sim, já é um grande passo pra tentar receber; se não, talvez essas dicas abaixo possam lhe dar coragem ou deixar você mais a vontade para cobrar tal pessoa que lhe deva.

Lembrando sempre que independentemente da pessoa que lhe deva, nada mais justo que você receber essa dívida ok? Pense nisso porque muitas pessoas agem de má fé e saem sempre na boa porque não são cobradas e fica por isso mesmo! Isso não pode! O dinheiro é seu! Você emprestou! E tudo que se empresta, tem que ser devolvido!

Abaixo algumas formas de você cobrar segundo o economista Renato Azevedo, professor do MBA Fipecafi e da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

1 – Estabeleça um prazo

Tudo que é combinado antes evita amolações depois. Ao emprestar dinheiro para qualquer pessoa, o ideal é estabelecer um prazo para ter a grana de volta e, se quiser, a porcentagem de juros a receber. Se você fez isso, cobrar fica bem simples.

Tudo o que é combinado gera menos sofrimento

Se você não combinou o prazo de pagamento com antecedência, negocie uma data com o amigo devedor para que ele possa se organizar. Se necessário, o pagamento pode ser feito em parcelas, desde que seja de comum acordo.

2 – Sinta-se à vontade para cobrar

Ter dificuldade para cobrar o amigo pode ser sinal de que sua autoestima não vai bem. Cobrar nunca é fácil, mas tende a ser mais difícil se você, inconscientemente, pensa que, se cobrar, o amigo não vai mais gostar de você,

Quanto mais intimidade você tem com um amigo, mais à vontade pode ficar para exigir o pagamento. Mas, não importa o nível de intimidade que você tenha com o devedor, cobrar não é errado.

Não se envergonhe de cobrar. Assim como o amigo não se constrangeu ao pedir, você também não pode se constranger ao  cobrar o dinheiro de volta.

3 – Não deixe passar muito tempo

Se o empréstimo foi de baixo valor, para pagar um almoço ou dividir um presente, por exemplo, quanto antes você cobrar, melhor. O tempo torna a cobrança ainda mais constrangedora. Não é feio mandar uma mensagem com uma foto da nota fiscal ou os dados da sua conta bancária.

4 – Cobre com sinceridade e empatia

Para que a cobrança não seja mal-educada ou antipática, converse de maneira educada e seja sincero ao explicar por que o dinheiro faz diferença no seu orçamento. Comunique o que você quer com clareza, sem rodeios.

É importante ser direto, honesto e criar empatia ao elencar os motivos pelos quais você precisa do dinheiro. Mostre o que você está deixando de fazer”, orienta Azevedo. Diga que se coloca no lugar do outro e que sabe que a situação financeira está difícil para todos, inclusive para você.

É grosseiro constranger o amigo ao dizer, por exemplo, que ele não pagou você, mas postou no Facebook que gastou com viagem no feriado. Também é indelicado fofocar para outras pessoas que o amigo deve dinheiro.

5 – Dê indiretas bem-humoradas

Em algumas situações, em vez de pedir o pagamento em dinheiro, você pode cobrar o devedor com humor. Pode, por exemplo, sugerir que o amigo pague seu almoço ou que a cerveja do dia fique por conta dele.

Depois dessas dicas educadas e clássicas do professor, se você ainda tiver problemas pra receber, tente ser mais impulsivo e imperativo na cobrança, Pois certas pessoas só agem se forem tratadas de forma mais ríspida.

Vai perder a amizade? Não sei, mas, veja se vale mais a pena a amizade ou que tal pessoa te deve.

E não seja idiota de cometer o mesmo erro 2x ao emprestar algo pra pessoa que te deve ou te deveu e te deu trabalho pra pagar.

Boa semana a todos!

24 de outubro de 2017
 •  É ok - Não é Ok  Utilidade Pública  Variedades  • 
Entre em contato